Reflexão do dia 21 de Outubro

nada cresce na escuridão

Desejaremos que cresça e floresça o bem que está dentro de todos nós, por pior que sejamos.

NA OPINIÃO DO BILL PG. 10

Com a auto-piedade e a percepção que ganhei praticando o Décimo Passo, começo a conhecer as gratificações da sobriedade - não como uma mera abstinência do álcool, mas como uma recuperação em todos os aspectos de minha vida.

Renovo a esperança, regenero a fé e ganho novamente a dignidade do auto-respeito. Descobri a palavra "e" na frase""e quando estávamos errados, admitimos prontamente".

Tranquilo de que não estou mais sempre errado, aprendo a aceitar a mim mesmo, como sou, com um novo entendimento dos milagres da sobriedade e serenidade.