Reflexão do dia 27 de Maio

sem sentimento de culpa

Dia a dia tentamos nos aproximar um pouco da perfeição de Deus. Assim sendo não precisamos ser consumidos por um tolo sentimento de culpa...

NA OPINIÃO DO BILL PG. 15

Quando descobri pela primeira vez que não havia um único "não faça" nos Doze Passos de A.A., fiquei perturbado, porque esta descoberta abria de repente um portal gigantesco. Somente então fui capaz de perceber o que A.A. representa para mim:

A.A. não é um programa de "não faça" mas de 'faça".

A.A. não é uma lei marcial, é liberdade.

      A.A. não é choro sobre os defeitos, mas suor sobre como colocá-los em ordem.

A.A. não é penitência, é salvação.

A.A. não é "pesar por mim", por meus pecados, passados e presentes.

A.A. é "Louvor a Deus"pelo progresso que estou fazendo hoje.